Bombeiros Voluntários de Mangualde festejaram o 93º Aniversário

“Centro de Coordenação Operacional vai ser uma realidade”

Depois de três anos impedidos de realizarem os seus festejos junto da comunidade devido à pandemia Covid-19, os Bombeiros Voluntários de Mangualde congratularam-se por este ano já ser possível retomar os festejos dentro dos moldes anteriores.





Do programa constaram várias atividades: no dia 25 de junho realizou-se o Desfile de Fanfarras, no dia 26 de junho sessão solene com entrega de medalhas e diplomas aos sócios com 50 ou mais anos e promoções a bombeiros, com entrega de diplomas e Medalhas.

No dia 29 de junho, dia de São Pedro, seu padroeiro, houve celebração de missa solene, às 19h00, na Igreja do Complexo Paroquial de Mangualde, celebrada pelo Pe. Paulo Domingues, Pároco de Mangualde que, na homilia, enalteceu a missão destes homens e mulheres. Neste dia, o ofertório reverteu a favor dos Bombeiros Voluntários de Mangualde. Os cânticos estiveram a cargo do Grupo Coral da Paróquia de Mangualde. Seguiu-se a bênção de uma ambulância junto ao Complexo Paroquial.

De seguida foi a romagem ao cemitério e homenagem aos Diretores e Bombeiros já falecidos.

Pelas 21h00, foi a vez do Desfile apeado e motorizado pelo centro da cidade.


No decorrer da sessão solene da entrega de Medalhas e Diplomas, o Presidente dos BVM, João Soares, salientou a importância do momento que se estava a viver: “A celebração dos 93 anos da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mangualde é um motivo de satisfação, mas também é um momento de reconhecimento e de gratidão. É uma honra recebê-los nesta nossa/vossa casa para podermos partilhar este momento de grande cumplicidade da Associação a quem Vossas Exas estão ligadas há mais de meio século. Em reunião do dia 3 de maio, a Direção decidiu fazer a atribuição da Medalha e do Diploma, entregue hoje aos sócios com 50 ou mais anos…”


Neste dia, o Comandante Carlos Carvalho também deixou uma palavra de gratidão a todos os que fazem parte desta Corporação.

Começou por enaltecer os 10 estagiários que nesse dia foram promovidos a Bombeiros “… é um momento que reconhecemos de elevado valor, quer para eles, quer para as suas famílias. Estamos a falar de jovens e dos seus anseios, que querem abraçar a carreira.”

Aos bombeiros do quadro ativo até às Chefias: “… dizer-lhes que é uma honra muito grande continuarem a fazer a história e a memória desta Associação. Honra-nos muito saber que hoje, fruto da pandemia, tivemos necessidade de recorrer a outras formas de formação e é de enaltecer a forma como este Corpo de Bombeiros e este Quadro Ativo sente a necessidade e adere à formação online permanente, quer da Escola Nacional dos Bombeiros, quer do INEM. Significa que são pessoas que querem servir uma causa com qualidade ao serviço das populações.”

Dentro do Quadro de Honra distinguiu alguns nomes como o segundo-Comandante José António, o Chefe Barroso, o Segundo Comandante Diogo Lopes, o Paulo Almeida e o Aníbal, que são uma marca desta casa. O Diogo, o Paulo e o Aníbal integram esta Fanfarra desde 1978, altura em que esta se constituiu. Obrigado pela forma dedicada e empenhada como têm sabido levar o nome dos Bombeiros a diversos cantos do nosso país. E na pessoa deles agradecer todo o trabalho feito quer no quadro do Comando quer no quadro ativo. Estar no quadro de Honra significa que estão a fazer o percurso e o caminho dos Bombeiros, fazer a sua história, fazer a sua memória e de facto eles transmitiram o testemunho de entrega e de serviço a uma causa …”

Ficou também uma palavra à Direção pelo trabalho desenvolvido ao longo destes anos. E à comunidade que quer estar com os Bombeiros.




“Centro de Coordenação Operacional vai ser uma realidade”


O Presidente da Câmara Municipal, Marco Almeida, felicitou os BVM por estes 93 anos, salientando que: “… dia após dia dão o melhor de si em prol das populações, os Senhores são uns verdadeiros heróis”.

Destacou a forma como João Soares, Presidente desta Instituição, tem estado à sua frente: “tem sido um exemplo de como se deve estar à frente destas Instituições. Não passa o tempo a queixar-se, o Senhor age, trabalha e os resultados têm aparecido”.

E comunicou: “…o desafio que lançou relativo ao Centro de Coordenação Operacional quero-lhe dizer que está a ser trabalhado junto da proteção civil municipal, do seu coordenador e junto do vereador do pelouro e vai ser uma realidade. É assim que temos trabalhado ao longo dos anos em cooperação com diálogo e os resultados têm aparecido e vão continuar a aparecer…”

A Comunidade ao longo destes dias esteve presente, manifestando o seu carinho por quem, em momentos mais aflitos, vai ao seu auxílio. Como o Pe. Paulo salientou no dia de São Pedro e de São Paulo, tantas vezes saem sem saberem se voltam, em prol da comunidade.


Da parte do Notícias da Beira deixamos um Bem-haja a todos os elementos da Corporação, desejando-lhe as maiores felicitações.