Cerca de meio milhar de jovens na Jornada Diocesana da Juventude de Viseu


No passado sábado, dia 19 de novembro, no campo escutista de Oliveira de Frades, cerca de meio milhar de jovens da Diocese de Viseu, acompanhados pelos seus animadores e alguns sacerdotes, encontraram-se durante todo esse dia, para viverem a Jornada Diocesana da Juventude (JDJ) 2022, sob o tema “Levanta-te, parte à descoberta”.


As atividades da JDJ 2022, foram pensadas e realizadas pelo Comitê Organizador Diocesano (COD) juntamente com os Comitês Organizadores Paroquiais (COP). Um trabalho conjunto, de muitas horas roubadas ao sono, que resultou na melhor Jornada Diocesana da Juventude da Diocese de Viseu, segundo a avaliação de vários dos participantes com experiência em outras JDJ, algo que a todos os organizadores deixou de coração cheio, pelo sucesso alcançado.

O dia constou de uma peregrinação com as réplicas dos símbolos das Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ), após ter sido feita a acreditação de todos os grupos inscritos. No términus da peregrinação, rezou-se a oração da manhã, finda a qual, os jovens partiram à descoberta. O proposto pelas atividades da manhã foi uma mini vivência do que se experiência nas JMJ, satisfazendo assim a curiosidade de muitos jovens, que pela primeira vez se encontram a ter contacto com a existência de um encontro mundial de jovens cristãos, como são as JMJ.


Alegres e já em pleno convívio, como se de amigos de longa data se tratasse, as perto de cinco centenas de jovens, dirigiram-se para o pavilhão onde um abundante almoço partilhado os aguardava. Em pleno repasto, tal qual acontece nas JMJ, alguns jovens pegaram nas suas violas e começaram a animar os restantes com vivos cânticos, tendo cativado outros a juntarem-se com mais instrumentos musicais e com as suas vozes, tendo-se formado espontaneamente um coro. Para os mais desportistas, os agrupamentos de escuteiros presentes na JDJ, organizaram alguns jogos, onde os jovens puderam colocar à prova as suas capacidades físicas. Por todo o recinto, sentia-se o espírito das jornadas, já com a presença do nosso Bispo, D. António Luciano.

Durante a tarde, os jovens ouviram testemunhos de outros jovens que já tendo participado em Jornadas Mundiais da Juventude, partilharam o porquê de ir às JMJ e como elas os transformaram e os ajudaram a encontrar o sentido para a sua vida. Houve um jogo de perguntas e resposta e um teatro que tocou aspetos importantes da vida dos jovens, nomeadamente na sua relação com Jesus Cristo e que os levou a guardarem nos seus telemóveis o Lembrete 23.


Com muito convívio e cantando o hino da JMJ Lisboa 2023, o fim do dia chegou, sem se dar por isso e foi a hora do nosso Bispo D. António Luciano, partilhar com os jovens os seus desejos, a sua alegria em ter vivido com eles aquela tarde de aprendizagem e crescimento e exortou-os a convidarem mais 3 jovens para o próximo encontro. Com a bênção, enviou o Sr. Bispo os jovens felizes de volta a suas casas.

O retorno entretanto havido, sobre a JDJ, vai desde os jovens terem ficado surpreendidos com a experiência de igreja pode ser algo que os preenche e realiza, a jovens que deixaram de ter duvidas sobre a ida à JMJ Lisboa 2023, passando a ter a certeza de que vão e que irão convidar outros a ir também, até aos pais que perguntaram aos animadores o que é que se tinha passado na JDJ, pois os filhos tinham regressado a casa felizes, animados e com vontade de continuarem a caminhar juntos em direção à JMJ Lisboa 2023.


Que assim seja e que com eles tragam mais amigos! O convite para participar na JMJ Lisboa 2023, tem de chegar a todos!!!

Caminhamos juntos!

Fernando Diniz Chapeiro

Comitê Organizador Diocesano

Pastoral Juvenil da Diocese de Viseu