top of page

Encontro/Oração de Taizé em Mangualde


No passado dia 10 de junho, a cidade de Mangualde foi o ponto de encontro para mais de 150 alunos e professores de diversas escolas da área de influência da diocese de Viseu. Este evento é já uma tradição, no mês de maio ou junho, para todos os alunos de E.M.R.C. que, habitualmente na interrupção letiva do Carnaval, fazem a experiência de viver uma semana na Comunidade Ecuménica de Taizé, em França.



A concentração dos alunos, provenientes das escolas de Oliveira de Frades, Santa Comba Dão, Tondela, Sátão, Viseu (ESAM, ESEN e Viriato) e Mangualde, aconteceu no Monte da Sra. do Castelo. Depois de uma visita à Ermida e da apresentação das principais caraterísticas histórico-culturais da cidade de Mangualde, os alunos percorreram as principais ruas da cidade, interagiram com a população local e refletiram sobre algumas problemáticas.

Ao final da tarde, antes do jantar, concentraram-se no Auditório do Complexo Paroquial para um tempo de partilha onde, professores e alunos, apresentaram os resultados da reflexão e recordaram a experiência vivida em Taizé.

O momento alto do dia, aquele que verdadeiramente motivou os alunos a encontrarem-se em Mangualde, foi a oração com cânticos de Taizé, na Igreja Paroquial. Na oração participaram não só os alunos das diversas escolas que este ano estiveram em Taizé, mas também ex-alunos, pais e elementos da comunidade.

A animação litúrgica, presidida pelo Pe. Paulo Domingues, contou com a colaboração de elementos de várias paróquias, nomeadamente ao nível vocal e instrumental. O guião de oração pretendeu seguir as caraterísticas base das orações vividas em Taizé, em especial o momento da ‘Adoração da Cruz’ em que, voluntariamente, cada um se pode dirigir à cruz de Taizé e usufruir de um momento pessoal e único de reflexão, adoração e interioridade.

O dia foi vivido com a alegria típica dos jovens que frequentam o ensino secundário e universitário. Foram vários os momentos de partilha das recordações da experiência vivida e da vontade de voltar. Ficou a intenção e o desafio de nos voltarmos a reunir mais vezes para rezar e conviver. Os jovens foram também desafiados a ponderarem a sua participação na Jornada Mundial da Juventude, que se vai realizar em Lisboa, de a 1 a 6 de agosto.

A noite terminou com muita alegria e emoção, entoando as músicas que têm animado os últimos anos das idas a Taizé: “Onde Deus te Levar” e “Somos Pardais”. Os alunos de Mangualde, anfitriões do encontro deste ano, quiseram também presentear os seus colegas com a música que eles próprios criaram este ano, durante a estadia em Taizé. A letra reza assim: “Taizé é amor, Taizé é assim. Já nem queremos sair daqui. Taizé é amor, Taizé é assim. Com certeza voltaremos aqui”.

Voltaremos! Mas enquanto isso não acontecer, vivamos no espírito de paz, comunhão e solidariedade que emana de Taizé. E, assim, o mundo será um melhor lugar para todos!

Professores de E.M.R.C. do AEM

Comments


bottom of page