“Sede Pe. Manuel Rocha”

Paróquia de Mangualde lembrou Pe. Rocha

Associação Guias de Portugal – 1ª Cia de Mangualde


No dia 12 de agosto foi lembrado com saudade na Paróquia de Mangualde o Pe. Manuel Rocha. Dois anos após o seu falecimento, o Pároco de Mangualde, Pe. Paulo Domingues lançou o convite à comunidade para que participasse na Eucaristia, às 19h. A comunidade respondeu presente.


O Pe. Rocha esteve nesta Paróquia durante cerca de 3 anos e partiu para a casa do Senhor com 59 anos. Missionário e sacerdote marcou o percurso de muitos que se cruzaram com ele e de uma forma particular o da 1ª Companhia das Guias de Mangualde. Esteve sempre presente nas suas atividades e foi ele quem realizou a abertura oficial da companhia na nossa paróquia bem como a realização das primeiras promessas. Nesta altura, em 2017, foi ele, o Pe. Rocha quem lhes entregou a chave da atual sede das Guias. Assim, nesta data, a companhia quis homenagear de forma especial o Pe. Rocha, atribuindo o nome à sede, “Sede Pe. Rocha”.

Várias entidades religiosas, militares, civis e familiares estiveram presente. A Eucaristia realizou-se na Igreja do Complexo Paroquial de Mangualde, presidida por D. António Luciano, Bispo de Viseu e com a participação de diversos sacerdotes.

Na homília D. António Luciano fez memória ao sacerdócio do Pe. Rocha. Lembrou também todos os sacerdotes que passaram por esta paróquia e que tornam a Igreja mais viva não só nas obras, mas também na vida espiritual da comunidade. Neste dia deixou um apelo aos jovens: “se forem chamados à vida consagrada, não digais não ao Senhor…, mas se optarem pelo matrimónio sedes bons e construam uma verdadeira comunidade de vida e de amor. A família é a célula base da sociedade…”.

Lembrou que o Concelho de Mangualde está em 1º lugar com o número de seminaristas na diocese e espera que assim continue.

Os cânticos da Eucaristia estiveram a cargo das Guias. Terminada esta, os presentes foram convidados a dirigirem-se para a sede das Guias, para se proceder à bênção e inauguração oficial da mesma, agora com o nome “Sede Pe. Manuel Rocha”.


No momento da bênção, D. António Luciano pediu que esta casa ao serviço da pastoral e das Guias continuasse a ser um lugar de bênção, de paz, de uma Igreja renovada e que comunique felicidade como o Pe. Rocha comunicava.

Os presentes aplaudiram a iniciativa.



Posts recentes

Ver tudo

- Como é isso das intenções de missa? - Por quantas pessoas posso mandar celebrar missa? - Quanto devo dar pela celebração? - Na mesma missa pode haver várias (muitas) pessoas a pedir intenções? Quant