Vivamos o nascimento do Redentor!


Depois de tantos sobressaltos ao longo deste ano de 2021, eis que chegamos a Dezembro, mês do Natal do Senhor. Deste modo, somos convidados a acolher o Menino Deus, nas nossas vidas, e a vivermos o nascimento do Redentor, na nossa casa, na nossa família e na nossa comunidade paroquial, a grande Família.


Regra geral, o Natal costuma ser uma festa de ruído, com bastantes barulhos exteriores a nós e por vezes não nos deixam silenciar os medos e receios da vida, para ouvirmos, somente e apenas, a voz do Amor!


Deixemos o nascimento do Redentor habitar a nossa vida, humana e diária, e assim, renovar e regenerar de dentro para fora o nosso ser, ou seja, nascer de novo, permitindo que o Emanuel se instale no nosso interior.


Vivermos o nascimento do Redentor é resistirmos fortemente às dificuldades da vida e possibilitar que as nossas virtudes, e dons, sejam motivos de união e congregação de pessoas, em família e na família, e assim iluminar os caminhos da vida com a bondade, a paz, a justiça, o amor, a paciência, a alegria e a generosidade testemunhando assim a presença de Deus na nossa vida.


O nascimento do Redentor acontece em nós quando estamos dispostos a perdoar as falhas humanas, nossas e dos outros, possibilitando assim o restabelecimento da paz, mesmo quando ainda se está em sofrimento.


Hodiernamente o pão do perdão, da esperança e da humildade alimenta o ser humano gerando nele a qualidade de vida perdida, por descuido, nesta Terra aparentemente deserta e vazia de sentido.


Um Santo e Feliz Natal, no silêncio e na humildade do nascimento do Redentor. Que o ano de 2022 nos dê a oportunidade de vermos este Menino Deus crescer nas nossas vidas!


Padre Paulo Domingues