• Cristina Rodrigues

Quaresma Tempo de Esperança


O Programa Pastoral Diocesano para este ano convida-nos a descobrir, na Eucaristia, o alimento para a nossa esperança. Num triénio de aprofundamento dos sacramentos de Iniciação Cristã, esperamos que esta proposta de caminhada quaresmal fortaleça as nossas comunidades, como lugares de esperança!


Reconhecemos que não é fácil falar em esperança, comunidade e caminho, quando a pandemia nos confina, cansa e separa uns dos outros… Numa perspetiva de fé, estes sentimentos não andam muito distantes daqueles que o Povo de Israel viveu durante o seu caminho para a terra prometida (Êxodo). A Quaresma é um caminho para Jesus ressuscitado, período (tempo) de penitência e conversão que visa fazer-nos ressurgir com Cristo renovando a nossa identidade batismal, isto é, renascer «do alto», do amor de Deus. Eis porque a Quaresma é, pela sua natureza, tempo de esperança.


….


Para nos ajudar a fazer este caminho, vamos contar com o exemplo de S. José, dando, assim, resposta ao convite do Papa Francisco para celebrar este ano S. José (cfr. Carta Apostólica Patris Corde). Uma oportunidade para, através dele, caminharmos mais de perto com todas as famílias (2020, quinto aniversário da Exortação Apostólica Amoris Laetitia).

Concretamente, esta proposta diocesana parte de 4 verbos/atitudes (formar, rezar, celebrar e viver) para que (os) batizados, de todas as idades, pessoal ou comunitariamente, possam viver a Páscoa, como encontro com Jesus Ressuscitado, o alimento da nossa esperança: Jesus vai ficar em tua casa!

Para isso, apresentamos um itinerário semanal concretizado num «Diário de bordo». O que é isto? A partir de uma passagem bíblica e com o exemplo de S. José, responderás ao convite: como podes cuidar da tua vida, partilhar a fé (família, amigos, Igreja) e permitir que Jesus não fique apenas na tua vida, mas também chegue aos outros.

A Vigararia da Pastoral

Paróquia de Mangualde - 2021

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube